segunda-feira, 24 de março de 2014

Meu Super herói!

Mesmo que o sujeito no título esteja no masculino, entenda caro leitor, se trata de uma mulher. Mulher está, cuja a força, coragem e determinação, foi mais acentuado em sua personalidade do que em vários homens que pisaram nesse emérito planeta.
Explicando tal fato, ponho suavemente a pena na mão, e escrevo, sobre minha inspiração, e sobre mim.

Tive uma sorte gigantesca de tê-la conhecido. E quando penso na vida "liquida" que teve, penso no azar que tivemos em perde-la tão cedo... 
No mundo, é muito raro nascer pessoas de alma tão boa e caridosa. Vemos como exemplos: Gandhi, Buddha, Maomé, Martin Luther King, John F Kennedy, entre outros.

Carmelita, queria que lesse o que agora escrevo. Há tanto que queria te dizer, tanto que queria viver ao seu lado. Minha tia, minha mãe, minha amiga. Agora anjo, protetora e escudeira.
Não obstante, se foi rápido, porque se foi? Como se foi? Existirá a pairar sobre nossas cabeças essa eterna dúvida.
"Nossas", eu e os órfãos que você deixou aqui na Terra.

Minha Jornalista, quero que saiba que você, e minha inspiração, e sempre que procuro força para lutar, lembro de Ti, e d'Aquele que foi perfeito e morte injustamente.
Sei que no mundo não posso procurar felicidade eterna, mas sim na "próxima" encontrarei paz e sossego, e estarei com você. Bebendo da água de uma canaleta de ouro. Sobre a luz divina. A comer do fruto, que agora não guarda mais o segredo do bem e do mal. Pois esse agora, já está exposto.
Decidi seguir seus passos muito antes de você partir. Então não se assuste se eu precocemente me juntar a você. Nessa Terra, busca paz e liberdade para os oprimidos, não politicamente, mas espiritualmente. 
Espírito Livre... Isso te define!
Queria ter a certeza em meu coração, de que tornarei a vê-la. Ouvir aquela risada gostosa que contagiava todos que estivessem perto. Tia querida. Querida Jornalista.

Descanse para o reencontro, e viva intensamente nas minhas memórias.
Minha Inspiração,



Caro leitor, aqui inicio uma nova jornada em minha vida. Começo a relatar pedaços de minha alma em forma de palavras, frases, e texto. Jogo minhas emoções no ventilador, e respingo em sua tela de computador.
A finalidade aqui, é mostrar as mil faces da vida, aquelas que não aparecem na TV. E para isso, esse texto inicial, expus para vocês da onde vem minha inspiração para escrever. De minha jornalista querida, que será referencia para mim, para todo o sempre!
Caso queira, me acompanhe! Todos os dias, você verá um pedaço dessa alma flamejante, e até que, no fim... o quebra cabeça esteja completo, e então, chegue o fim!


Nenhum comentário:

Postar um comentário